Tiradentes
Monumentos Religiosos

Capela Senhor Bom Jesus da Pobreza: Construída no final do século XVIII,  a igreja é marcada pelos traços simples e mostra em seu forro a figura do Pai Eterno, o Espírito Santo e Cristo. A imagem do padroeiro é uma expressiva escultura de Cristo Agonizante.

Capela de Nossa Senhora do Rosário: Trata-se de um belo monumento todo edificado em pedra. Era a igreja dos escravos e todos os santos de seu interior são de devoção dos negros, destacando-se entre eles a imagem de Santo Elesbão. Os forros foram pintados por Manoel Vitor de Jesus.

Capela Santo Antônio do Canjica: O nome da igreja se deve às pepitas de ouro encontradas próximas à capela que lembravam o tamanho de um grão de milho.  A capela passou por diversas reformas, mas ainda mantém sua característica marcante que é a simplicidade.

Capela dos Passos: São cinco capelinhas construídas entre 1730 a 1740. Encontram-se nas seguintes localizações: Largo do Pelourinho, Largo do Ó, dois na rua Direita, sendo um em frente à cadeia e no Largo das Forras. Usadas durante a Semana Santa, na procissão de Nosso Senhor dos Passos, dão um brilhantismo à cerimônia. Existe ainda um passo próximo à Igreja São João Evangelista, que foi desativado em 1870.

Igreja São Francisco de Paula: A principal atração da igreja está em seu exterior, onde se tem uma das mais belas vistas da cidade. Ainda do lado externo, existe um cruzeiro instalado com os objetos da crucificação. No interior da igreja há uma pintura que retrata pessoas da cidade.

Igreja Nossa Senhora das Mercês: A igreja foi construída no final do século XVIII, em estilo rococó, possui em seu interior belas pinturas feitas pelo artista local Manuel Vitor de Jesus.

Igreja São João Evangelista: Capela pertencente à antiga Irmandade dos Homens Pardos (mulatos) e começou a ser construída em 1760. Nos altares laterais é possível apreciar o estilo rococó. Na capela-mor pinturas apresentam cenas da vida de São João, além das esculturas em tamanho natural que compõem o altar-mor.

Matriz Santo Antônio: A igreja pode ser considerada um dos mais belos templos do barroco brasileiro. A imponente matriz que parece proteger toda a cidade do alto, tem em seu interior além de belíssimas pinturas, todos os altares que são folheados a ouro, além de um imponente órgão de origem portuguesa. Ainda vale destacar que a planta da fachada da igreja foi desenhada por Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, em 1810.

Santuário Santíssima Trindade: Nessa igreja se destaca a imagem do Pai Eterno em tamanho natural de autoria desconhecida. Nessa igreja se realiza o tradicional Jubileu da Santíssima Trindade, desde 1776.